.

terça-feira, 18 de abril de 2017

DIA DOS MONUMENTOS E SÍTIOS


© João Menéres

VISTA PARCIAL DA ABÓBADA DO PRIMEIRO TRAMO



A ERMIDA DE S.SEBASTIÃO DE ALVITO

PENSA-SE QUE A CONSTRUÇÃO DESTA
ERMIDA DATE DO INÍCIO DO SÉC. XV.
A PINTURA DAS SUAS PAREDES
E DAS ABÓBADAS É ATRIBUÍDA AO
ARTISTA EBORENSE JOSÉ ESCOBAR
E OBEDECE AO PERÍODO  MANEIRISTA E
TARDO-MANEIRISTA.
ESTE NÚCLEO ENQUADRA-SE  
NUMA PRODUÇÃO DE PINTURA MURAL
COMUM A TODO O  ALENTEJO,
UMA VEZ QUE EM MUITOS OUTROS
PEQUENOS EDIFÍCIOS RELIGIOSOS
SE ENCONTRAM PARALELISMOS
COMPOSITIVOS, TÉCNICOS E TEMÁTICOS.

( Fonte : A Pintura Mural no Concelho
de Alvito / Séc. XVI a XVIII, de Catarina Valença Gonçalves,
editado pela C.M. de Alvito, em 1999 )

24 comentários:

Os olhares da Gracinha! disse...

Uma belíssima abóbada como muitas que encontramos no nosso país!
Curiosamente não conheço Alvito ... mas fiquei curiosa!
Bj

Liplatus disse...

The magnificent painting!
It is not easy to have painted ceiling.
Greeting

bea disse...

É um tecto muito bonito.
Desconheço Alvito. Ou talvez não completamente. Lembro-me que certa vez em que resolvi fazer visitas alentejanas, fui a um lugar de que não recordo o nome; fazia um calor desgraçado, a igreja que íamos visitar estava fechada e a zeladora não se encontrava na terra. As três Marias entraram num café a dessedentar e regressaram. Havia uma pracinha pequena com brilhos de cal a toda a volta e tenho ideia do exterior da igreja. Quem sabe se não seria Alvito...

myra disse...

muito bonito, realmente, e sim deve ser muito difil pintar ali em cima :):):
bjos

João Menéres disse...

GRACINHA

Andamos a postar coisas que o outro não conhece.
É muito interessante jogarmos à vez !


Um beijo amigo.

João Menéres disse...

LIPLATUS

Talvez amanhã te mostre uma árvore bem florida porque nunca tinha reparado nela...

Um beijo para o país dos lagos.

João Menéres disse...

BEA

Quem sabe, talvez fosse Alvito...
Mas não te lembras do castelo que há anos é Pousada ?
Se não tens ideia, então Alvito não seria.

Um beijo e obrigado por mais esta tua visita.

João Menéres disse...

MYRA

Como a Liplatus disse, só de pensar nem Miguel Ângelo a pintar o imenso tecto da Capela Sixtina....

Um beijo, querida PINTORA.

Pedro Coimbra disse...

Aqueles tesouros espalhados por Portugal que tantas vezes nos passam despercebidos.
Aquele abraço, boa semana

João Menéres disse...

PEDRO COIMBRA

A maior parte das vezes só olhamos para as cabeças de cartaz...

Grande abraço ( já regressado das mini-férias ? )

Rute disse...

João

Uma pintura, um tecto lindíssimo, fotografado com toda a harmonia!

1 beijinho

João Menéres disse...

RUTE

Devido ao calor e à falta de luz, não foi lá muito fácil, não...
Tentei um enquadramento não normativo.

Um beijo e obrigado.

Rasuras do Aparo disse...

belo tecto ... grato explicação museológica de uma foto que nos leva a outros tempos e sensibilidades ...

João Menéres disse...

RASURAS

Tenho sentido a sua ausência.
Felizmente já retornou !

Um abraço.

Ana Freire disse...

Espero que o José... não seja parente do Pablo... :-D
Magnifica obra, brilhantemente retratada!
Uma belíssima imagem, que nos permite apreciar tão precioso trabalho!...
Hoje em dia... nada se faz de comparável...
Beijinhos
Ana

Remus disse...

Praticamente, podemos considerar que esta é a versão de Alvito do tecto da Capela Sistina.
:-)

Estive em Alvito há uns dois anos, mas não vi nada disto. A ermida passou-me ao lado. É mais um motivo para lá voltar.
:-)

João Menéres disse...

ANA FREIRE

JOSÉ ?
- Não sei de quem falas...
( Ou ando perdido nalguma charada ? ).

Eu gostei muito destas abóbadas.
Estava muito calor, como é habitual fora do Inverno, e até deu para refrescar um bocadinho.

Um beijo, querida Ana.

João Menéres disse...

REMUS

Uns vêm umas coisas.
Outros, outras !

Um abraço.

Agostinho disse...

Na encruzilhada do património.

Abraço.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

O seu comentário constitui um excelente título para esta imagem !

Muito obrigado e um abraço.

bea disse...

Já fui ler a história:). Na verdade fui quem menos fez. Cheguei, li e vi. E escrevi a frase que me "veio à cabeça". O trabalho foi todo vosso. As coisas que a gente consegue sem querer...qual! Eu não consegui nada, vocês criaram as personagens e deram-lhes vida.
Avante! Se a coisa pega ainda escrevem uma história a muitas mãos (apesar de bem escrita pareceu-me que tem umas coisitas estranhas, mas hoje já não dá).
E obrigada

João Menéres disse...

BEA

Obrigado nós !

Um beijo.

Ana Simões disse...

Arte, historia e beleza tudo captado pelo teu olhar. Lindo !!!
beijinho

João Menéres disse...

ANA SIMÕES

Visto pelo meu olhar mas catado pela camera.

NOTA : Sabes que gosto de brincar, não sabes ?

Um beijo amigo e muito obrigado.