.

sábado, 18 de março de 2017

TRÊS GERAÇÕES

© João Menéres


ANOS ATRÁS, EM
MIJAS,
NA ANDALUZIA.

26 comentários:

bea disse...

Que espectáculo de foto. Parabéns pelo momento. Nem os vasos faltam a enfeitar.

João Menéres disse...

BEA

Coisas com anos.
Instantes captados.
A definição não é a desejada, mas foi a possível nas circunstâncias.

Um beijo amigo e grato.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Uma verdadeira relíquia caro amigo!
Abraço

Os olhares da Gracinha! disse...

Cena bem familiar!!!bj

© Piedade Araújo Sol disse...

bem interessante!
beijinhos
:)

João Menéres disse...

Rui Pires

Feita com o Kodachrome 25 Asa...

Um abraço grato.

João Menéres disse...

GRACINHA

Totalmente !

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

PIEDADE

Muito obrigado.

Um beijo e bom Domingo.

Ana Freire disse...

Finalmente passando por aqui... e deixando a escrita em dia... que no outro dia, não tive tempo de ver todos os posts atrasados, que ficaram mais atrás...
Uma cena que me trouxe boas memórias de infância, passadas em casa das minhas avós... onde também havia, ou uma Singer... ou uma Oliva das antigas...
Grata por este regresso ao passado através da sua imagem, João!
Beijinho! Bom domingo!
Ana

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Então valeu a pena ir ao meu baú !
E se te disser que data de 1979 ?
É bem capaz de ser mais velha do que tu !...

Obrigado pelo comentário e pelos votos de um bom Domingo.

Um beijo amigo.

Rasuras do Aparo disse...

... olho para a pertinência do olhar do fotografo parede abaixo até ao empedrado do chão e vejo a sagacidade de um título ... a habilidade de um momento ... agora quanto à localização fiquei um pouco relutante porquê só em Valência ... acontece em Lisboa , no Porto ... quando se tem vontade ... enfim...

João Menéres disse...

Quando mija um português, mijam dois ou três, seja em Mijas, seja onde for...

Isabel disse...

Que gira! A mãe parece mais uma filha...

João Menéres disse...

ISABEL

Mas já foi...

Luísa disse...

Pois tive dificuldade em ver 3 gerações, imagina!!!
Mil bjnhs

Ana Bailune disse...

Amei!
Me deu saudades da infância, e dos meus pais.

L.Reis disse...

Eu estou fascinada com a altura a que penduraram aquelas fotografias antigas. Foi o pormenor que me chamou logo a atenção, ter uma geração assim pendurada lá tão no alto... :):)
Ainda tenho uma maquineta singer aqui em casa...era da minha avó e muito vestidinho para bonecas me foi feito por ela :):) Outros tempos...

João Menéres disse...

LUÍSA

Não acredito !
Então, vamos lá :
A fotografia que mostra os pais no dia do seu casamento.
A filha que está na máquina de costura e
as suas três filhas.
Está certo ?

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

ANA BAILUNE

Mijas é uma pequena povoação na Andaluzia mas com um fortíssimo fluxo de turistas.
Andava eu a passear por uma ruela quando se me deparou este quadro que vi da rua.
Pedi licença, entrei e fotografei para mais tarde recordar.
O espaço é muito exíguo.

Um beijo, querida amiga.

João Menéres disse...

L. REIS

Deste conta que a foto maior tem o pregp espetado na madeira e não na parede ?
E ( embora não o possa garantir, porque levei a ampliação no sábado para Celorico com dezenas de outras )creio que a foto pequena também tem o prego na madeira.
Assim, não estragam a pintura que já de si não é muito firme.

Tudo SÃO OUTROS TEMPOS...

Presépio no Canal disse...

Fantástica fotografia!

Podia ser eu, com a minha mãe a costurar em casa dos meus avós, onde havia fotografias antigas nas paredes.

Beijinho!

João Menéres disse...

SANDRA

OBRIGADO PELA TUA SIMPATIA !!!

UM BEIJO.

Agostinho disse...

Fotografia à altura das circunstâncias domesticas que estão bem reportadas.
Curioso é a altura a que foram colocados os retratos! Olhar para cima é a divisa daquela gente. De onde vem o exemplo que norteia o clã?
Abraço.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Leu o que escrevi à L. REIS ?

Um abraço muito grato.

Agostinho disse...

Fui ver agora. É curioso como ambos reparámos na "dependecoração" presente na imagem.
Tenho em casa uma Singer velhinha (não sei de que ano) oferecida pelo meu avô à sua querida noiva, a minha avó. A maquineta terá sido comprada por 20$00, se não me falha a memória.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

20$00 ?
- Na altura era muito dinheiro !

Em casa dos meus Pais também havia uma Singer.
Uma costureira ( a Hemingarda...) ia às quartas feiras tratar das roupas.
Mas a voragem dos tempos foi implacável.

Hoje é o USE E DEITE FORA.