.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

URBANIDADES


© João Menéres

COMO QUE A RASGAR
MARES E OCEANOS

36 comentários:

Enrique Chapín disse...

Buena composición y estupendo punto de vista.

Gracias por pasar por blog.

Feliz semana.

João Menéres disse...

EnRIQUE CHAPÍN

Muchas gracias pelas palabras !

Saludos.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Fantástica esta perspectiva.
Um abraço e boa semana.
Andarilhar || Dedais de Francisco e Idalisa || Livros-Autografados

Jorge Pinheiro disse...

Navios de betão.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Interessante perspetiva e o efeito visual que provoca, apetece caminhar pelo encontro dessas linhas, isto claro está se fosse na horizontal, mas como suponho seja uma vertical é de todo impossível!
Abraço

GL disse...

Ui, que ignorante - ignorante e desajeitada - me sinto!

Como é que se consegue uma fotografia destas? Lindíssima, que perspectiva fabulosa!:):)

Dar os Parabéns ao Mestre? Até parecia mal!:)

Obrigada pela partilha, muito obrigada.

Beijinho, Amigo.

Agostinho disse...

A proa terá sido calculada para romper as tormentas que se anunciam?
Uma perspectiva futurista numa foto perfeita.
Abraço.

Rasuras do Aparo disse...

... era assim num barco de proa dourada que me via a ir ter com ela ... de forma a impressioná-la ... a por fim a já este longo tempo de indefinição ... acreditava mesmo que agora é que vai ser ... afinal o barco com esta proa sempre existe ... vou conseguir ... até que num olhar mais atento verifiquei que ... afinal é a esquina de um prédio ... lá terei de ir não de barco mas ... (que beleza de enquadramento e oportunidade )

Maria Manuela disse...


Que FORÇA encerra a verticidade destas linhas!!!
É para romper mesmo !
E, no entanto, que maravilhosa complementaridade em cor e forma entre a obra do homem e a natureza !
Espantosa a opção pelo ponto de vista que proporcionou uma imagem tão poderosamente dinâmica !

Maria Manuela disse...

Até me esqueci de lhe enviar um beijinho (vai agora e na parte azul) e desejar uma boa semana.:)

Ana Freire disse...

Para mim... páginas de uma vida... muito bem preenchida...
Fez-me lembrar um livro... na minha óptica!...
Extraordinária e perfeita perspectiva, João!
Beijinhos
Ana

João Menéres disse...

FRANCISCO OLIVEIRA

Quando a executei também me deu ideia que ia resultar muito bem !

Muito obrigado e um abraço.

João Menéres disse...

JORGE

O betão está por trás.

João Menéres disse...

RUI PIRES

As linhas douradas são horizontais e não são muitos os pisos...
Há acesso, mas é ± temporário.

Muito obrigado por ter apreciado.

Um abraço.

João Menéres disse...

GL

Andava seguramente há um ano para isto fotografar !
Só calhou na semana passada e porque tive que lá ir...
Como ia com pressa, a primeira que fiz nada tem a ver com esta.
Embora me tivesse agradado...
No regresso, e já sem pressa alguma, calmamente posicionei-me e enquadrei com a preocupação de não centrar o assunto.
A luz favoreceu-me imenso !
A tomada de vista deve andar nos 60º.
Queres mais explicações ?

Um beijo muito grato pelo comentário.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Nada tenho a ver com estes cálculos mas acho que as turbulências externas não serão tamanhas quanto tantos receiam...

Qualquer embarcação carece de uma prova de mar antes do seu baptismo oficial.
Veja a tragédia daquele hotel e dos seus hóspedes...
Os grandes acontecimentos sucedem e muitos deles sem pré-aviso.

Muito lhe agradeço a observação analítica com a qual não osso discordar, pelo contrário.

Um abraço muito agradecido.

João Menéres disse...

RASURAS

Mas este barco foi por mim desencalhado primeiro...

Muito obrigado pelo que beleza de enquadramento e oportunidade.

Como acima digo, já a andava a namorar há imenso tempo ! ( e até fica perto daqui de casa... ).
Mas, de facto, os blogues requerem imenso do meu tempo e pouco sobra para fotografar.


Começo ainda é noite ( tantas e tantas vezes ! ) e termino a passar da uma da manhã...
E há sempre outra vida para lá desta, não é verdade ?

Um abraço com amizade.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA ( I e II )

O REMUS vai-me apontar uma diferença de ± 0,5º !
E tem razão...

Estás lembrada de te ter falado numa imagem que fizera na semana passada ?...
Este fim de semana não tive muito tempo e deixei escapar este nico...
Devo à posição do Sol o brilho alcançado, Maria Manuela, embora não tenha sido fruto de mero acaso.

O teu beijo no azul tornou mais douradas as linhas.

Esta semana também tenho o Ballet Flamenco de Madrid a interpretar a CARMEN no Coliseu do Porto.
Lá vou perder o Joel Cleto a falar do Porto Desaparecido ( é no mesmo dia e à mesma hora...).

Um beijo muito amigo e grato.

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Viste bem as páginas de uma vida !
Até há marcadores, porque não é para ler todo seguido.
Requer pausas, muitas pausas, aqui e ali.

Um beijo muito amigo e agradeço-te imenso o comentário.

Cristina Ferreira disse...

Uauuu, gostei da perspectiva, e o titulo tem tudo a ver.
Beijos

Remus disse...

E o amigo João rasgou muito bem. Com um gume muito bem afiado e até diria feito de ouro.
Um grafismo irrepreensível.
E a inclinação de ± 0,5º, neste caso, não é defeito é feitio.
;-)

João Menéres disse...

CRIS

Obrigado por teres vindo ao meu ninho !

E obrigado também pelo comentário.
Estou teu devedor.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

REMUS

Agradeço elogiar os ± 0,5º, Remus.
Deve ter sido consequência do mar alteroso ( risos ).
Calhou bem esta, digo eu...

L.Reis disse...

Pois está-se mesmo a ver que esta proa rasga tudo: mares, oceanos e, principalmente, a minha auto-estima que neste momento está em fanicos com a elegância e força destas linhas...e é assim a minha vida, coitadinha de mim que fico para aqui a pensar, de mim para mim: Pronto, toma lá que já almoçaste, que é para não pensares que sabes fotografar! :):)
E saber fotografar é isto mesmo: é pegar num banal pedaço de mundo e oferecê-lo a outros transformado numa coisa única e diferente. Soberba imagem!

Luísa disse...

Juras que é uma proa?
Estilizada, é certo, mas ruma em direção ao futuro!!!
Belissima foto!
Bjnhs

João Menéres disse...

L. REIS

Já estava com a pauta na mão para te marcar uma falta injustificável...

Tu em fanicos ?
- Se és tu que me animas, inspiras e me motivas, só te podes considerar como realizada !

E como também aprecio, e de que maneira, tudo quanto alinhavas com letras, vou repetir a última das tuas afirmações :

E saber fotografar é isto mesmo: é pegar num banal pedaço de mundo e oferecê-lo a outros transformado numa coisa única e diferente. Soberba imagem!

Veremos se esta noite vou conseguir dormir tranquilo umas horitas mais.

Um beijo não rasgado por essa proa e que se mantém na crista da onda.

João Menéres disse...

LUÍSA

Jurar, não posso jurar que de uma proa se trata.
Mas que rasga mares e oceanos, direi que sim !
Em direcção ao futuro ?
- O futuro está ao alcance do grumete que já berra : TERRA À VISTA !!!

Muito obrigado pelo elogio, Luísa.

Um beijo amigo.

Presépio no Canal disse...

Uma caravela a desbravar mundos!
Magnífica fotografia, João!
Beijos!

Conceição Duarte disse...

Bárbaro esse grafismo!
bjs

João Menéres disse...

SANDRA

As nossas caravelas deram novos mundos ao mundo...
Há mais marinheiros que mares.

Também fiquei contente com esta proa.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

CON

Adorei o o teu comentário !

Bárbaro esse grafismo!

Um beijo agradecido, querida CON.

GL disse...

Um ano? Valeu a pena a espera, se valeu!:)
A luz ajudou no belíssimo resultado final? Não contesto isso, mas não fora a arte do fotógrafo e nada feito.

Não quero mais nada, não, apenas agradecer uma vez mais.:):):)

Beijinho, Amigo.

Os olhares da Gracinha! disse...

Olhar precioso!

João Menéres disse...

GL

Tens razão.
Foi no dia CERTO...

Obrigado por te dares por satisfeita.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

GRACINHA

Às vezes sai na rifa...
...como não acerto no Euromilhões...

Um beijo grato.

mariam [Maria Martins] disse...

Bela perspectiva de uma arquitectura bem criativa! Estou a ver no tm e de repente até parecia a esquina de uma moldura dourada :) beijinhos e se ainda de férias, Boa continuação